Pesquisa Inteligente: O site da sua empresa não é mais o seu principal canal digital

Publicado há 36 dias em Multipresença Digital

O cenário de buscas online está mudando. É hora de se preparar para a nova onda disruptiva: a da pesquisa inteligente.


É cada vez mais fácil e rápido ter qualquer questão respondida por meio da internet. Ao pesquisar por “restaurante próximo” no Google, você recebe uma lista dos três mais bem avaliados que estão perto de você. Se abrir a assistente de voz Alexa, da Amazon, e perguntar o endereço de uma loja, ela vai te dar a resposta imediatamente.

Esses são dois indicativos de como a tecnologia de pesquisa inteligente está crescendo, simplificando a vida do consumidor — e, consequentemente, diminuindo a importância dos sites.

A ascensão da pesquisa inteligente

O ranking de pesquisa orgânica era a principal preocupação das empresas que buscavam ser encontradas online. Hoje, porém, a pesquisa online não pode mais ser definida apenas por 10 links (“ten blue links”) em uma página de resultados de busca O crescimento no número de smartphones e o desenvolvimento de novas tecnologias mudaram esse cenário.

Exemplo dos 10 links azuis mostrados pelo Google nos resultados de busca; por anos, colocar o site das empresas nessa lista era o principal objetivo das equipes de marketing

Sistemas inteligentes como o Local Pack e o Knowledge Card do Google já dão respostas diretas aos consumidores, eliminando a necessidade de acessar qualquer site. Se alguém busca por um modelo de carro no Google, por exemplo, recebe um Knowledge Card com informações de preços, configurações e atributos do veículo.

A Search Engine Land indica que 1 em 4 pesquisas do Google já produzem um Knowledge Card, ou seja, 25% das pesquisas no Google geram respostas diretas e inteligentes.

Exemplo de Knowledge Card criado pelo Google ao pesquisar o termo “pizzaria”

Além disso, houve um aumento de 130% no uso de auxiliares de voz entre 2016 e 2017, que foram criados a partir do conceito de pesquisa inteligente. A tendência na área de tecnologia é que dispositivos de resposta direta cresçam ainda mais.

E os websites?

Por causa do surgimento dessas novas tecnologias os usuários estão propensos a depender menos de sites de empresas para encontrar as informações que precisam. Um estudo da Yext revela que os consumidores obtém informações sobre negócios locais quase três vezes mais em motores de busca, diretórios, mapas, redes sociais e apps do que em sites oficiais de empresas. E a tendência é que a pesquisa inteligente aumente ainda mais essa necessidade de descentralização de dados.

Isso quer dizer que ter um site para o seu negócio é perda de tempo? Não. Os consumidores ainda valorizam empresas que possuem um site oficial, já que aumenta a autoridade da marca e a sensação de confiança. Um indicativo disso é uma pesquisa da YellowPages, que estima que 30% dos consumidores descartam estabelecimentos que não possuem sites.

Como não ficar de fora da pesquisa inteligente?

Algumas tecnologias de serviço inteligente permitem que você disponibilize e gerencie as informações sobre o seu negócio. Um exemplo é o Google, que recolhe dados por meio do Google Meu Negócio.

Exemplo de ficha do Google Meu Negócio para uma das pizzarias listadas

Outras tecnologias recorrem à internet ou a um sistema de nuvem próprio, como é o caso dos assistentes de voz. Nesse caso, é importante disponibilizar os seus dados nos principais canais digitais, que são utilizados como fontes de informação. Nessa lista de canais digitais estão inclusos diretórios de empresas, sites de reputação, redes sociais, mapas digitais e aplicativos. O próprio Google e outros motores de busca podem recorrer a essas fontes, se necessário. 

Uma outra alternativa é utilizar ferramentas de multipresença digital, que facilitam esse processo. A plataforma Business Monster® é capaz de colocar as informações de empresas nos principais canais digitais, além de facilitar a gestão de reputação digital, a divulgação local e a análise de desempenho dos negócios locais.


O movimento SeuNegocioNoMapa.com tem como objetivo facilitar a transformação digital de varejistas de diferentes portes. Para fazer um relatório online gratuito sobre a presença digital de seu negócio clique aqui.



Compartilhe:


logo