Site oficial, diretórios online ou redes sociais, o que é melhor para atrair potenciais clientes?

Publicado há 40 dias atrás em Multipresença Digital

Desenvolver uma presença digital forte exige diversas abordagens. Criar um website da sua empresa, cadastrá-la em diretórios online e utilizar as redes sociais são alguns dos primeiros passos para quem quer atingir esse objetivo e atrair mais clientes para os estabelecimentos físicos.

Mas administrar todas essas frentes exige tempo, tanto para adquirir conhecimento quanto para executar as tarefas diárias. Por isso, pode surgir a dúvida: por onde começar? Para responder essa pergunta, precisamos entender como é a nova jornada de compra do consumidor.

Como o consumidor descobre negócios locais?

Com a transformação digital, o consumidor mudou a forma de se informar sobre produtos e serviços. Alguns anos atrás, as Páginas Amarelas eram um dos poucos recursos utilizados para encontrar todo tipo de estabelecimento. Hoje, o cenário é diferente. A BrightLocal estima que 97% das pessoas usam a Internet para encontrar negócios locais. E 1 em cada 8 consumidores faz isso todos os dias.

Mas como essas pessoas descobrem negócios locais na Internet? Se você pensou nas redes sociais, está enganado. O Google mostrou que 80% utilizam motores de busca, como o próprio Google, o Bing e o Yahoo.

Os resultados orgânicos do Google

O Google é o motor de busca mais conhecido e utilizado atualmente. Sozinho, ele é responsável por quase 75% do total de buscas feitas ao redor do mundo. Por isso, entender como o Google lida com pesquisas locais é importante se você quer ser encontrado por potenciais clientes.

Ao pesquisar por um tipo de estabelecimento no Google, o primeiro item a aparecer nos resultados orgânicos de busca é o Google “3-Pack”. Esta é uma lista com três negócios locais que estão cadastrados no Google Meu Negócio e que estão perto de você. Nome, avaliação de clientes e endereço dos estabelecimentos listados são as informações que ficam em destaque. Ao clicar em algum dos estabelecimentos, você é redirecionado para o Google Maps e a ficha do Google Meu Negócio é aberta.

Abaixo do Google “3-Pack” você vê uma lista de sites. É extremamente comum  os primeiros serem diretórios como TripAdvisor e Veja Local, cada um listando os melhores estabelecimentos cadastrados. Depois, podem aparecer sites de estabelecimentos, notícias, e outros tipos de links.

Redes sociais, diretórios online ou website?

Como falamos anteriormente, a maior parte dos consumidores utiliza motores de busca. Por meio dessas ferramentas, eles descobrem novos negócios locais e obtém informações sobre produtos e serviços. Por isso, ter uma ficha no Google Meu Negócio e estar cadastrado nos principais diretórios online é importante para  aparecer nos resultados de busca e ser encontrado por mais potenciais clientes durante a fase de descoberta. Além disso, qualquer consumidor vai ter acesso a informações sobre a sua empresa e a avaliações feitas pelos seus clientes.

Isso não significa que ter um website próprio e ser ativo nas redes sociais não seja importante. Para ter uma presença digital forte, o ideal é que você consiga investir nas três frentes. Mas, se você quer se dedicar a apenas um canal no início, a dica é começar pelo Google Meu Negócio e pelos principais diretórios locais!


O movimento SeuNegocioNoMapa.com tem como objetivo facilitar a transformação digital de varejistas de diferentes portes. Para fazer um relatório online gratuito sobre a presença digital de seu negócio clique aqui.



Compartilhe:


logo